Águas Claras: um paraíso na Floresta Nacional de Carajás.

Águas Claras: um paraíso na Floresta Nacional de Carajás
Que tal aproveitar o feriadão para conhecer uma região de belezas naturais inigualáveis? Cachoeiras, grutas, cavernas, lagoas e muito, muito verde. Um passeio que dura em média cinco horas revela muita beleza em plena Floresta Nacional de Carajás (Flonaca). Um turismo prazeroso, que oportuniza ao visitante contato direto com a natureza e com o rico ecossistema da unidade de conservação.
A Flonaca é a sexta unidade de conservação mais visitada do país. Em 2014, 216 mil pessoas visitaram a floresta, de acordo com dados da Cooperativa de Ecoturismo de Carajás (Cooperture). Segundo o presidente da cooperativa, Gilberto Silva Vieira, dentre os passeios mais procurados estão o de observação de aves e o de pesquisa científica.
“Há grande potencial turístico em Carajás e a intenção é que os moradores possam conhecê-lo”, destaca o presidente da Cooperture.
O passeio até a cachoeira de Águas Claras, por exemplo, é um dos destinos mais procurados. Inicia com saída da portaria de Parauapebas, segue pela trilha Lagoa da Mata, visita ao mirante da Mina de N5 e savana metalófila, com passagens também por cavernas e grutas, até a chegada à cachoeira.
O acesso não é fácil e, quem se aventura, deve fazer o passeio acompanhado por condutores de atrativos naturais. Neste caso, o auxílio pode vir da Cooperture que conta com 24 guias capacitados para realizar atividades ligadas ao ecoturismo na região da floresta. Administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Flonaca tem 411 mil hectares e faz parte dos municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás e Água Azul do Norte.
O passeio custa R$ 200 para grupos de até 15 pessoas. Além disso, há duas taxas no valor de R$ 5,50, cada, para o ICMBio e por veículo utilizado na visita, respectivamente. Mais informações pelo telefone (94) 99157-4987.
[easingslider id=”1322″]

Comentários

Postagens mais visitadas