EMPRESÁRIO AUMENTA SALÁRIO MÍNIMO DE SUA EMPRESA PARA R$ 18 MIL POR MÊS DINHEIRO QUE BANCARÁ A MEDIDA VAI SAIR DA REMUNERAÇÃO DO PRÓPRIO EXECUTIVO. Via Tony de Sá.

Dan Price, fundador e CEO da Gravity Payments (Foto: Flickr/Ronald Woan/Creative Commons)




Ninguém gosta de trabalhar tendo de se preocupar com dívidas que o salário não vai pagar. Dan Price, fundador e CEO da empresa de processamento de compras com cartão de crédito Gravity Payments, decidiu eliminar de vez esse problema em sua companhia. O executivo propôs uma solução inédita: dar um salário mínimo de US$ 70 mil por ano (aproximadamente R$ 216 mil, ou R$ 18 mil por mês) para seus funcionários. O aumento será feito gradualmente nos próximos três anos.
Segundo informações do New York Times, o empresário planeja aumentar o salário de todos os seus 120 funcionários, que antes ganhavam em média US$ 48 mil por ano. A explicação para dar um aumento tão radical sem aumentar os custos da empresa ou cortar equipe é a diminuição dos ganhos do próprio Price..
O executivo dirige um carro de 12 anos e não é fã de extravagâncias. Ele afirmou que cortará seu próprio salário de quase sete dígitos para US$ 70 mil anuais. Para o executivo, o bem-estar de seus empregados é mais importante que seu pagamento — algo que percebeu ao conversar frequentemente com amigos com dificuldades financeiras. "Isso me comia por dentro", disse.
"A faixa de sálario no mercado para mim, que sou CEO, em comparação com a de uma pessoa normal é ridícula, absurda", afirma.
Price já fez muitas decisões dramáticas desde que entrou no mundo corporativo aos 19 anos, quando fundou a Gravity Payments em seu dormitório na Universidade de Seattle Pacifice. A empresa processou transações no valor de US$ 6,5 bilhões no ano passado para mais de 12 mil negócios. No ano passado, ganhou  um prêmio de Empreendedor do Ano por sua atuação.

-- 
Tony de Sá
Diretor Comercia & Artístico
85 4011.8991

Comentários